geral@pilaresdasaude.pt    Tlf.: +351 938 276 619
geral@pilaresdasaude.pt    Tlf.: +351 938 276 619

Vitamina C Alcalina – Ecogenetics

20.00 17.00

A vitamina C Alcalina contém uma forma não-ácida, à base de ascorbato de cálcio, de vitamina C, combinada com potentes antioxidantes para apoiar o funcionamento saudável do corpo inteiro.

Descrição
Informação adicional
Avaliações (0)

A Vitamina C Alcalina pode ser um suplemento alimentar útil para aqueles que desejam complementar sua dieta com esta mistura única, de vitamina C não-ácida, bioflavonóides cítricos, hesperidina e naringina. Os seus principais benefícios são: combater os radicais livres, ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares, favorecer a saúde ocular, reduzir os sintomas gripais, melhorar a qualidade e aspecto da pele, cabelo e unhas, promover a redução dos níveis maus de colesterol (LDL).  A Vitamina C tem inúmeras funções biológicas.  É essencial para a síntese de colagénio e glicosaminoglicanos, que são os materiais de construção de todos os tecidos conjuntivos, tais como vasos sanguíneos, tendões, cartilagem articular e do osso. A vitamina C é a coenzima necessária para dois grupos de enzimas que catalisam a reticulação das fibras de colagénio – lysyl-hidroxilases prolil-hidroxilases. Como tal, a vitamina C é essencial para a cicatrização normal e a saúde capilar.  Esta participa, ainda, na biossíntese da carnitina, serotonina, e certos neurotransmissores, incluindo a norepinefrina. A vitamina C está entre os mais poderosos antioxidantes em humanos e animais. É, um antioxidante solúvel em água que reage directamente com o superóxido, radicais hidroxilos e oxigênio singlete.  Estudos laboratoriais mostram que a vitamina C protege completamente os lípidos no plasma e a lipoproteína de baixa densidade (LDL) contra danos peroxidativos. Além disso, a vitamina C interage com a glutationa e o ácido alfa-lipóico, e regenera a vitamina E.  As funções antioxidantes da vitamina C parecem ter significado clínico no fornecimento de proteção contra o dano dos radicais livres nos olhos, pulmões, sangue e no sistema imunitário.  Já os bioflavonóides (também chamados de flavonóides), adicionados à presente fórmula, são uma classe de fitoquímicos que são potentes antioxidantes, que limpam muitos radicais livres potencialmente perigosos.  Um outro aspecto das propriedades antioxidantes dos flavonóides é o seu sinergia com a vitamina C, entre outras coisas, permitindo a sua maior permanência no organismo, para permitir a sua maior acção biológica.  Os bioflavonóides também são capazes de se ligar a iões metálicos, o que impede que estes metais actuem como catalisadores no corpo intensificando a produção de radicais livres.  As flavanonas hesperidina e naringina, obtidas a partir da camada branca de cascas de frutas cítricas, demonstraram potenciar as funções nutricionais da vitamina C. Elas apoiam a saúde do sistema circulatório, ajudando a manter o fluxo de sangue capilar e a permeabilidade, integridade e resiliência vascular adequada.  Por seu turno, a Naringina é um extraordinário flavonoide cítrico, que se pode encontrar na toranja e tem sabor amargo. Este flavonóide aumenta a secreção de suco pancreático e digestivo e aumenta a produção de suco gástrico.  Entre os principais efeitos da Naringina, destacam-se: Contrariar os efeitos adversos da quimioterapia; Aumentar o metabolismo das gorduras; Diminuir o efeito negativo do consumo de alcóol; Diminuir o risco de padecer de aterosclerose; Diminuir o nivel de colesterol; Ajudar nas doenças vasculares, varizes e hemorróides; Apoiar o sistema inmunitário, proteger a produção de hormonas, apoiar contra as infecções, limpar o intestino e ajudar à restauração da microflora e ser uma excelente prevenção contra resfriados e gripes.  – Naringina : A naringina ou (4, 5, 7-trihidroxi-flavanona-7-ramnoglucósido), é um flavonóide, uma flavona glicosídica presente nos cítricos.  É extraída principalmente da casca dos cítricos, mas também se encontra, embora em pequenas quantidades, na polpa, sumo, folhas, flores e sementes da planta. Ela dá o sabor amargo aos cítricos. A concentração de naringina depende do tipo de cítrico e dentro de cada variedade, depende de quão maduro o fruto está, sendo mais abundante nas frutas pouco maduras.  As frutas cítricas que contêm naringina também costumam conter outros ingredientes como diferentes flavonóides, limonóides, e pectinas, com efeitos protectores da saúde. O cítrico com maior proporção de naringina é a toranja.  À naringina são atribuídas muitas propriedades saudáveis em relação à síndrome metabólica (SM). São numerosos os estudos que corroboram a interacção entre a ingestão de naringina e a melhoria dos sintomas da SM, sendo que esta corrige transtornos metabólicos vinculados com a resistência à insulina, previne as hiperinsulinemias em resistentes à insulina e as dislipidemias induzidas pela dieta: os efeitos metabólicos positivos da naringina foram observados inclusive em casos de dietas elevadas em gorduras e colesterol.  Em estudos pré-clínicos para diabetes tipo 2, a naringina demonstrou possuir propriedades similares a da insulina como a de reduzir lípidos, atenuar a resistência à insulina, a disfunção das células β, esteatóse hepática e o dano renal.  – Hesperidina : A Hesperidina é um fitoterápico de estrutura glicosídeo-flavonoídica, conhecido também como vitamina P ou citrina. É um protetor vascular que atua sobre a parede dos capilares e sobre a permeabilidade dos endotélios, resultando numa atividade antiinflamatória e antiexsudativa. Também possui atividade antioxidante por impedir a oxidação do LDL.  A associação da Hesperidina com vitamina C melhora sua ação e diminui a fragilidade capilar.  É uma substância natural encontrada em abundância no mesocarpo (porção branca) dos limões e das laranjas verdes, podendo ser encontrada também nas uvas, ameixa, mamão, própolis e Gingko biloba.  A hesperidina tem uma acção muito importante sob o sistema vascular, normalizando a circulação e aumentando a resistência dos vasos sanguíneos.

Ingredientes por 2 cápsulas: Vitamina C (de ascorbato de cálcio) – 500mg (625% VRN); Bioflavonoides citrícos – 100mg; Cálcio (de ascorbato de cálcio) – 62mg;

Hesperidina – 35mg; Naringina – 14mg

Modo de usar: Os adultos devem tomar 2 cápsulas, à refeição, ou segundo prescrição do seu profissional de saúde.

Avisos: Não deve ser excedida a dose diária recomendada. Os suplementos não devem substituir uma alimentação variada. Não recomendado para menores de 18 anos, lactantes e grávidas. Guardar em local fresco e seco. Manter fora do alcance das crianças.

Peso 180 g

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Vitamina C Alcalina – Ecogenetics”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Open chat