geral@pilaresdasaude.pt    Tlf.: +351 938 276 619
geral@pilaresdasaude.pt    Tlf.: +351 938 276 619

Multinutrientes – Ecogenetics

42.00 35.70

Multinutrientes é uma formula que apresenta um conjunto de vitaminas e minerais, com antioxidantes, que funcionam sinergicamente para proporcionar uma maior biodisponibilidade.

Descrição
Informação adicional
Avaliações (0)

O Multinutrientes é um suplemento alimentar elaborado para cobrir as necessidades nutricionais diárias de pessoas muito activas, fornecendo uma gama de vitaminas e minerais, com antioxidantes, que funcionam sinergicamente para proporcionar uma maior biodisponibilidade. Proporciona um aumento da energia, protege o organismos da acção dos radicais livres e melhora o estado geral da saúde para viver com mais energia e vitalidade.  Suplemento Dietético Premium, o Multrinutrientes é uma fórmula que oferece mais dosagem, melhor qualidade e menor preço do que qualquer outra fórmula no mercado.  Todas as vitaminas e nutrientes vitais em 2 cápsulas diárias, numa fórmula totalmente natural, pura e crua, especialmente concebida para cobrir as necessidades nutricionais diárias de pessoas muito activas.  Esta fórmula é realmente uma supernutrição para as nossas células, aumentando a energia e promovendo o metabolismo, desintoxicando e alcalinizando o organismo, melhorando a digestão, mantendo a função intestinal e optimizando o sistema imunológico. Pretende leva-lo para outra dimensão de nutrição e tudo isto sem conservantes ou adoçantes, corantes ou aromatizantes artificiais, herbicidas, pesticidas ou outros produtos químicos, organismos geneticamente modificados, levedura, glúten, leite/lácteos, milho, sódio ou amido.  O Multinutrientes foi cuidadosamente desenvolvido por especialistas em nutrição ortomolecular para conter as proporções corretas de vitaminas, minerais, oligoelementos e outros nutrientes, sem perigo de acumulação de efeitos tóxicos ou outro. Cada ingrediente é seleccionado tendo em consideração a sua capacidade de absorção de relacionamento, competitivo com outros nutrientes, potencial alergénico e segurança a longo prazo.  Certos nutrientes, tais como beta-caroteno, vitamina C, vitamina E, e vitaminas do complexo B estão incluídas em quantidades de alta potência devido aos papéis vitais que desempenham na protecção antioxidante, na produção de energia, na manutenção de células de sangue saudáveis, no sistema nervoso , no equilíbrio hormonal, e muito mais. Minerais e oligoelementos são fornecidos nas suas formas mais seguras e biodisponíveis.  Contém alimentos à base de plantas verdes e também inclui importantes fitonutrientes. Não contém glúten gramíneas e oferece diversas variedades de clorofila, microalgas, carotenos, vitaminas do complexo B e oligoelementos.  – Tiamina : Conhecida como vitamina B1, a Tiamina ajuda no metabolismo de proteínas, gorduras e hidratos de carbono. Ela atua principalmente na conversão de hidratos de carbono e açúcares em energia.  Além disso, a Tiamina fortalece o sistema imunitário e ajuda a controlar o stress. Esta também atua na libertação da energia armazenada, usando-a como combustível para o organismo, o que é interessante para quem está a tentar perder peso.  Podemos encontrar a vitamina B1 em alimentos como leguminosas, cereais integrais, espinafre e couve.  – Riboflavina : também conhecida como vitamina B2, tem como uma de suas principais funções converter energias dos alimentos fazendo com que cheguem até os músculos. Além disso a vitamina B2 auxilia na produção de hemácias e possui um forte efeito antioxidante.  Ardência ocular, fadiga ocular, sensação de areia nos olhos, ou distúrbios visuais, são normalmente sintomas causados por uma deficiência de vitamina B, especialmente vitamina B2.  Entre as fontes ricas em vitamina B2 contamos com o leite, ovos, amêndoas, cogumelos, soja e espinafre.  – Vitamina A : Ajuda na manutenção de uma visão e pele sãs. Favorece o desenvolvimento ósseo normal e reforça o sistema imunitário.  – Piridoxina : A formula mais bioactiva da famosa vitamina B6. Esta quando está associada à cobalamina e ao folato, regula os níveis de homocistina, um aminoácido diretamente ligado às doenças cardíacas. Além disso, a Piridoxina fortalece o sistema imunológico, e trabalha no armazenamento de gordura e hormonas.  A vitamina B6 ainda participa na produção de serotonina, a hormona responsável pelo bem-estar e pela vontade de comer doces quando está de nível baixo. O atum, o salmão, as lentilhas, a cenoura e o arroz integral são boas fontes dessa vitamina.  – D-Biotina: Também conhecida como vitamina B7, é a vitamina da beleza, pois confere força às unhas, pele e cabelos. O seu principal papel é o controle dos níveis glicémicos do sangue. Ainda mais na gravidez, considerando que está envolvida no desenvolvimento saudável do bebê.  Pode ser encontrada na cevada, no fígado, na carne suína, nas nozes, na gema do ovo, na batata, nos peixes e no frango.  – Beta Caroteno : O betacaroteno é adquirido através da alimentação, quimicamente é considerado um carotenóide antioxidante, pelo que inibe os radicais livres e previne o envelhecimento. Ele é benéfico para a visão, nomeadamente a visão nocturna, dá elasticidade à pele, aumenta a imunidade, favorece o brilho do cabelo, fortalece as unhas e atua no metabolismo das gorduras, pelo que pode integrar regimes de emagrecimento. No tempo de sol e praia o betacaroteno tem a vantagem acrescida de favorecer o bronzeado da pele, o que ajuda a proteger dos raios solares. O processo passa pela transformação do betacaroteno em vitamina A, que por sua vez promove a formação de melanina, o pigmento que dá a cor bronzeada à pele e protege dos raios ultravioleta (UV). Pode ser encontrado em verduras como a cenoura, abóbora, beterraba, alperce, manga, papaia, repolho, espinafres, batata-doce, brócolos e agrião, por exemplo. A cor dos alimentos ajuda a perceber a sua riqueza de betacaroteno, estando este presente em vegetais de tons vermelhos, amarelos, laranja, púrpura e verde-escuro.  – Metilcobalamina : Também conhecida como vitamina B12. Quando conjugada com a vitamina B9, a metilcobalamina atua na produção de hemácias e hemoglobina – fundamental para o transporte de oxigênio. A American Dietetic Association recomenda a suplementação para vegans e ovolactovegetarianos durante a gravidez e aleitamento para garantir que a quantidade suficiente de vitamina B12 é transferida para o bebê. Recém-nascidos com deficiência de vitamina B12 podem ter défices de crescimento, atrasos no desenvolvimento e anemia megaloblástica.  Pode encontrar vitamina B12 em alimentos como: peixes, frutos do mar, ovos, carnes e até microalgas como a Spirulina.  – Colina : É um precursor da acetilcolina. Participa do metabolismos dos lipídios e atua como fonte de grupos metilos noutros processos metabólicos. A Colina é considerada uma vitamina do grupo B, porém suas funções não justificam sua classificação como vitamina.  O organismo pode sintetizar colina, sendo as principais fontes a gema do ovo, gordura animal e vegetal.  – Nicotinamida : É uma vitamina essencial pertencente ao complexo B, conhecida também por ou vitamina B3. Esta vitamina pode ainda aparecer sobre outras formas (ácido nicotínico, hexanicotinato de inositol). Como todas as outras vitaminas do complexo B, a nicotinamida é hidrossolúvel, ou seja, não provoca acumulação no organismo e, quando em excesso, é eliminada pela urina. É um precursor de nicotinamida adenina dinucleótida (NAD) e nicotinamida adenina dinucleótido fosfato (NADP) que são facilitadores de reações enzimáticas que são importantes para muitas vias metabólicas. Essas co-enzimas são essenciais na produção de energia celular, no metabolismo da glicose e na síntese lipídica.  – Ácido Pantoténico : O ácido pantotênico também chamado de vitamina B5. O nosso corpo não armazena a vitamina B5, portanto temos de consumi-la todos os dias para repor as fontes, pois ela é transportada pela corrente sanguínea e o excesso excretado pela urina. Ela atua em muitas funções no nosso organismo, desde a produção de neurotransmissores no cérebro, saúde da pele e cabelos, até o metabolismo de gorduras, proteínas e outros provenientes dos alimentos que ingerimos, o ácido pantotênico auxilia ainda na gestão do stress e da ansiedade cronica, já que ajuda a diminuir perturbações mentais.  – Folato / Ácido Fólico : O ácido fólico, também conhecido como vitamina B9, é um nutriente que participa de várias funções no organismo, como: manter a saúde do cérebro, prevenindo problemas como a depressão; participar da formação do sistema nervoso do feto durante a gravidez; fortalecer o sistema imunológico; prevenir a anemia, por estimular a formação de células do sangue; prevenir alguns tipo de cancro, por prevenir alterações no DNA das células; prevenir doenças cardíacas, por reduzir a homocisteína e manter a saúde dos vasos sanguíneos; controlar a evolução do vitiligo.  – Piridoxina : Também conhecida como Vitamina B6, esta participa em diversos processos biológicos no nosso organismo, como: produção de neurotransmissores essenciais para o funcionamento adequado do cérebro, tais como serotonina, dopamina e noradrenalina; formação da mielina, uma substância que envolve e protege os neurônios; participa no metabolismo de proteínas, aminoácidos, hidratos de carbono e lipídios; atua no sistema imunitário; atua na produção da hemoglobina, substância essencial para a formação das hemácias (glóbulos vermelhos do sangue), entre outros.  – Ácido Ascórbico : Ou vitamina C como também é conhecida, participa em diversas reações bioquímicas nas células principalmente cedendo grupos hidroxilos para outras moléculas, em especial para o colágeno, que está presente em diversos tecidos no organismo. Além disso também é uma boa molécula antioxidante, uma vez que tem facilidade de neutralizar as espécies reativas de oxigênio geradas nas células. Ela também é um importante co-fator para diversas reações enzimáticas, como as responsáveis por síntese de catecolaminas, aminoácidos, colesteróis e algumas hormonas. Também é importante na hidroxilação de certos fatores de transcrição que estão ligados a vias de transporte de ferro, glicólise, angiogênese e de sobrevivência celular.  – Menaquinona : A vitamina K2 pertence à uma família de vitaminas – nela temos a Vitamina K1, ou fitomenadiona, encontrada em vegetais de folhas com coloração verde-escuro, a Vitamina K2 ou menaquinona, presente em alimentos fermentados ou produzida pela microbiota bacteriana presente naturalmente no intestino e a menadiona sintética, ou K3. Com o processo natural de envelhecimento, a quantidade de Vitamina K2 produzida pelas bactérias da microbiota intestinal pode não ser suficiente e a deficiência dessa vitamina pode prejudicar a saúde dos ossos e do coração. No organismo o papel da vitamina K2 é o participar do processo bioquímico de fixação do Cálcio nos ossos, fortacendo-os, ao mesmo tempo em que ajuda a evitar a calcificação das articulações (artrose), dos vasos sanguíneos (aterosclerose); assim, a Vitamina K2 contribui para a saúde vascular, com melhora da circulação e menor sobrecarga ao coração. Há estudos que suportam a ideia de que o uso da vitamina K2 poderia reduzir a incidência de cálculo renal, cálculo vesicular e catarata nos olhos. Com relação ao diabetes, a vitamina K2 parece atuar favorecendo a produção de insulina e impedindo que o corpo fique resistente à insulina.  – Manganês : Colabora no normal funcionamento do sistema neuromuscular, facilita a construção óssea e intervém no metabolismo energético.  – Magnésio : Fortalece os ossos e a função muscular, intervém no metabolismo energético e na regulação do batimento cardíaco.  – Potássio : Regula diferentes processos como a tensão arterial, batimentos cardíacos e a obtenção de energia dos alimentos.  – Fósforo : Elemento essencial para a formação dos ossos e dentes. Intervém no metabolismo energético, das funções celulares e no manutenção do PH.  – Reishi : É um cogumelo oriental e um dos grandes tónicos moduladores imunitários e tem sido usada há séculos na Ásia em fórmulas nutritivas e promotoras do rejuvenescimento e que promovem a vitalidade e a longevidade. A investigação mais recente mostra, especificamente, que este poderoso fungo pode apoiar a saúde de pacientes com cancro. Também conhecido como Ling Zhi, este cogumelo apresenta os seguintes beneficios: pode trabalhar em sinergia para melhorar as propriedades de alguns medicamentos de quimioterapia e tratamentos de cancro por Imunoterapia; pode promover a função de inflamação normal, baixando a expressão do IL-6 e TNF alfa (interleuquina 6 e factor de necrose tumoral); pode ajudar a potenciar a função antioxidante natural do ADN ligada a danos genéticos devido ao stress oxidativo; pode melhorar o controlo do desenvolvimento e progressão de células tumorais; pode modular e promover a função imunitária normal.  – Shiitake : é uma variedade de cogumelos comestíveis proveniente da Ásia e conhecido pelas suas propriedades. Estes são uma excelente fonte de selénio, de ferro, de proteínas, fibras dietéticas e vitamina C. Regula o colestrol, a pressão arterial, é usado na prevenção do cancro e da trombose.

Ingredientes por 2 cápsulas: Vitamina A – 600,6 µg (75% VRN); Beta Caroteno – 730 µg (91% VRN); Tiamina – 30 mg (2727% VRN); Riboflavina – 30 mg (2143% VRN); Nicotinamida (Vitamina B3) – 40 mg (50% VRN); Ácido Pantoténico – 50 mg (833% VRN); Piridoxina (Vitamina B6) – 25 mg (1786% VRN); D-Biotina pura (Vitamina B7) – 200 µg (400% VRN); Folato / Ácido Fólico – 200 µg (100% VRN); Metilcobalamina (Vitamina B12) – 250 µg (10000% VRN); Ácido Ascórbico (Vitamina C) – 200 mg (250% VRN); Vitamina D3 – 60 µg (1200% VRN); Vitamina E – 12 mg (100% VRN); Menaquinona (Vitamina K2) – 90 µg (120% VRN); Inositol – 20 mg;

Colina – 4,11 mg; Crómio – 200 µg (500% VRN); Cobre – 1 mg (100% VRN); Manganês – 499 µg (25% VRN); Magnésio – 40 mg (10,7% VRN); Potássio – 87,5 mg (44% VRN); Iodo – 150 µg (100% VRN); Selénio – 200 µg (363,6% VRN); Zinco – 3 mg (30% VRN); Fósforo – 1,18 mg (0,2% VRN); Cálcio – 52,3 mg (6,5% VRN); Resveratrol (Polygonum Cuspidatum, raiz extrato seco 95%) – 50 mg; Reishi Hongo (Ganoderma Lucidum, extrato seco 10%) – 20 mg; Shitake (Lentinula Edodes, extrato seco 6%) – 20 mg; Bioflavonoides Cítricos 60% – 15 mg; Cordiceps (Cordycep, extrato seco 7%) – 80 mg; Pinho Casca (Pinus Pinaster, raiz extrato seco 95%) – 10 mg

Modo de usar: Os adultos devem tomar 2 cápsula ao dia, ou segundo prescrição do seu profissional de saúde.

Avisos: Não deve ser excedida a dose diária recomendada. Os suplementos não devem substituir uma alimentação variada.  Guardar em local fresco e seco. Manter fora do alcance das crianças.

Peso 170 g

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Multinutrientes – Ecogenetics”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Open chat