A Psicomotricidade

A Psicomotricidade visa a integração das funções cognitivas, emocionais, simbólicas, psicolinguísticas e sociais a nível da intencionalidade do gesto/ movimento. O objetivo da intervenção é a promoção da capacidade do indivíduo agir com o outro, com os objetos e consigo mesmo.

Em que consiste?

A Intervenção Psicomotora é o processo terapêutico que, após uma avaliação inicial, utiliza o corpo, movimento e planos motores da pessoa, de forma a ultrapassar as suas dificuldades de modo autónomo e proficiente.

A Terapia Psicomotora recorre à mediação corporal, utilizando técnicas de relaxação e consciencialização corporal, educação e reeducação gnoso-práxica, atividades lúdicas e de atividade motora adaptada.

Para quem?

A Psicomotricidade beneficiará qualquer criança que desenvolva um das seguintes condições:

  • Perturbação de estruturação temporal e espacial, dispraxia, alterações tónico-emocionais, perturbações do esquema corporal e da lateralidade, perturbações da imagem corporal, problemas psicossomáticos, entre outros;
  • Défice de atenção, de memória, de organização percetiva, simbólica e conceptual;
  • Dificuldades de comunicação e socialização, agressividade, hiperatividade, dificuldades na perceção do outro e empatia.